Tales Frey

Pé 45 Sem Par – Manipulação II (2021)

 

Tales Frey, Pé 45 Sem Par – Manipulação II. Performance realizada na cidade de Bruxelas, Bélgica. Junho de 2021. Frames do vídeo (captação de Eve Bonneau e Julie Dumont, com edição de Renato Vallone)

 

Diferentemente da primeira experiência que deu origem a esta série de ações em que eu propus o cinetismo à escultura Pé 45 Sem Par, nesta segunda manipulação, eu relaciono apenas o meu corpo com o objeto no espaço, sempre em processo de composição/decomposição e, ao mesmo tempo, destruição da matéria e uma nova construção através da sua recombinação. O meu programa performativo* acontece em diálogo com uma ação da compositora musical Lea Petra que, em uma ambientação paralela, compõe sons experimentais através do aniquilamento dos gestuais necessários para o cumprimento clássico de música. Em harmonia, as duas ações entram em um diálogo espontâneo, onde a troca de estímulos é mútua em ritmos corporais, sonoros e visuais.

A ação – realizada como um rito de passagem de aniversário pertencente a série Memento Mori – é decorrente de uma residência realizada no ZSenne Arte Laboratory em Bruxelas, onde aconteceu a exposição Exquisite Corpses, com a curadoria de Julie Dumont.

 

* a expressão faz menção ao conceito formulado por Eleonora Fabião.

 

FICHA TÉCNICA

Performance de Tales Frey | Performer convidada: Lea Petra | Câmera: Eve Bonneau e Julie Dumont | Edição: Renato Vallone | Bruxelas/Bélgica 2021

 

HISTÓRICO

AO VIVO

[2021] Exquisite Corpses. ZSenne Arte Laboratory, Bruxelas, Bélgica.

 

SOB FORMATO VÍDEO, INSTALAÇÃO E/OU FOTOGRAFIA

[2021] SESC Avenida Paulista, Programação on-line, São Paulo, Brasil.