O Sonho de Loïe Fuller / Terror na Dança (2018-22)

 

Foto em breve.

Hilda de Paulo, Terror na Dança, 2022. Vídeo, (duração). Edição: 5 + 2 P.A.

 

Foto em breve.

Hilda de Paulo, Arrebato #1, #2, #3, 2022. Materiais diversos, (medida) cada. Edição: 1 cada

 

Foto em breve.

Hilda de Paulo, Hilda de Paulo ao Luar, 2022. Fotografia, (medida). Edição: 5 + 2 P.A.

 

Hilda de Paulo, O Sonho de Loïe Fuller, 2018-20. Vídeo, 1’32”. Edição: 5 + 2 P.A.

 

(Imagem em breve.)

Hilda de Paulo, Vestido de Dança #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10, #11, #12, #13, #14, #15, #16, 2018-19. Materiais diversos; 40 x 40 x 8 cm cada. Edição: 1 cada

 

Hilda de Paulo, Arrebato, 2018. Materiais diversos, 50 x 40 x 8 cm. Edição: 1

 

Hilda de Paulo, Vestido de Dança, 2018. Fotografia, 40 x 60 cm. Edição: 5 + 2 P.A.

 

Sinopse em breve.

 

HISTÓRICO

[2021] Mostra de Videoarte BãOM!!! Curadoria de João Baeta. Projeto Poste_Matosinhos, Mercearia São Miguel, Matosinhos, Portugal.

[2019] Exposição Em Posições de Dança. Curadoria de Daniela Labra. Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, Rio de Janeiro-RJ, Brasil.

[2019] Exposição Tão Só o Fim do Mundo. Texto de Camila Alexandrini. Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura, Guimarães, Portugal.

[2018] Exposição coletiva Mover-se em Outra Dimensão. Sput&Nik the window, Porto, Portugal.

 

Patente estadunidense de número 21.458 de 12 de abril de 1892: M. L. Fuller, Vestido de Dança. Tradução de Susana Canhoto. Impressão em alumínio dibond, 29,7 × 42 cm cada

 

Série O Sonho de Loïe Fuller (2018-19), de Hilda de Paulo, na exposição coletiva Em Posições de Dança. Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, Rio de Janeiro-RJ, Brasil, 2019

 

Série O Sonho de Loïe Fuller (2018-19), de Hilda de Paulo, em sua exposição individual Tão Só o Fim do Mundo. Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura, Guimarães, Portugal, 2019