…que eu também não adoeça de Brasil! (2020)

 

Paulo Aureliano da Mata, …que eu também não adoeça de Brasil! (Tríptico), 2020. Impressão jato de tinta sobre backlite 210m, 175 x 120 cm cada. Edição: 3 + 2 P.A. cada

 

Vídeo em breve.

Legenda em breve.

 

Sinopse em breve.

 

HISTÓRICO

[2020] Exposição …que eu também não adoeça de Brasil! Curadoria de João Baeta. Mupi Gallery, Porto, Portugal.

 

TEXTOS

CARTAZ N. 1

25 de agosto de 2019. Se trata menina, não é sobre esquerda ou direita, agora é sobre nosso futuro! Sobre nosso país, e independente de quem esteja no poder é necessário uma atitude pra agora! E antes de apoiadores ideológicos da esquerda ou da direita, somos humanos. Parte do Brasil que chorou por Notre Dame está tranquilo enquanto queimam a sua casa. Rondônia, agora. É importante que a fumaça das queimadas da Amazônia tenha chegado em São Paulo. Não é bom, mas é importante. Explico: Moro no Acre, no extremo oeste do Brasil, no coração da Amazônia. Nunca tive tanta dificuldade em respirar. E nunca vi queimarem tanto em tão pouco tempo. Que Deus tenha misericórdia de nós, os que não estamos de acordo com isso, e sentimos em nosso coração a dor mesmo que não seja perto de nós. O que fizeram com esse país? Nunca pensei que o fundo do poço fosse tão fundo. Mas acho que ainda nem estamos na metade. Aqui em Ariquemes, Rondônia, o céu está coberto por fumaça. Estamos próximos da Amazônia. Estamos necessitando de ajuda urgente. Rondônia está há 16 dias em chamas. No Facebook, uma seguidora que lá mora relatou: “São dias escuros e noites sombrias. Parece filme de ficção científica, mas não é, é o Brasil que estamos ‘construindo’”. Na grande mídia, silêncio total. A morte da Amazônia não será televisionada. Se está ruim para quem viu o dia virar noite na maior metrópole do Brasil por causa das queimadas ilegais, imagina para a gente que está no meio do fogo?! Esse crime afeta especialmente crianças e idosos que lotam as unidades de saúde sem conseguir respirar. É o caos puro. Vocês sabiam que a Amazônia é responsável por 20% do oxigênio respirado no mundo? Vocês têm noção que com menos de 1 ano de governo Bolsnaro existe uma nuvem de poluição em São Paulo porque ele liberou o desmatamento? Além disso, rompeu com os países que financiavam o fundo da Amazônia? Como uma pessoa em seu juízo perfeito pode apoiar isso? A gente recebe dinheiro de países ricos por NÃO desmatar. É ganha-ganha. 2019 e o paulista descobre, atônito, que São Paulo está no mesmo planeta que a Amazônia. Excrementíssimo segue dizendo que não tem desmatamento, que colapso ambiental é coisa de comunista fascista. Bolsonaro é nosso Hitler. E ainda postou fake news dizendo que teve um massacre de baleias na Noruega… E o reino do Bolsolixo só começou. Vai sobrar nada da Amazônia… são os terraplanistas… cavando a própria cova deles… com ideologia olavista! “Nossa bandeira jamais será vermelha”: será cinzas. O “efeito borboleta” não é nada diante do “efeito Bolsonaro”. Isso ensina algo básico pra gente: não importa se somos nortistas ou sulistas. Se você é uma criança ribeirinha às margens do rio Acre ou um executivo na Faria Lima. O desmonte das políticas ambientais afetará todos nós. É preciso agir. Eu tô assustada… hoje eu fui pra escola e só tinha fumaça, tipo bastante. Se fosse na época que eu tinha 8 anos ia falar que era Jesus voltando. E minha avó que viu o céu e foi rezar. Cadê o Ministério Público Federal, o congresso, as instituições. SOCORRO!!! A AMAZÔNIA ESTÁ EM CHAMAS. S.O.S. NAÇÕES UNIDAS, GREENPEACE ETC. Fazendeiros organizaram “Dia de Fogo” na semana passada. Escandaloso! Nosso futuro está em chamas! O cara trai a mulher e isso vira capa de revista, mas a Amazônia PEGA FOGO POR 16 DIAS e a mídia se faz de desentendida. UMA VERGONHA! E cadê o Exército Brasileiro? Para que serve os Generais com 300 mil homens do Exército Brasileiro? Só para dar golpe e ameaçar treze senhores indefesos do Supremo Tribunal Federal? Sinceramente… O equivalente a 4 cidades de São Paulo. Um absurdo. Vocês que estão no poder precisam fazer alguma coisa para impedir isso. Infelizmente, as pessoas pensam que é ficção ou brincadeira sobre as queimadas. Ou até então, que só a região norte ou dita região amazônica que iria sentir. Estamos todos no mesmo barco, lamentável. Eu já fiz releitura de todos os meus pecados pra ter certeza que não faltou eu me arrepender de nenhum. Foram os militares, sob o lema “integrar para não entregar”, que a partir do período de 1960 iniciaram a exploração predatória da Amazônia. O Governador de lá é o Coronel Marcos Rocha. Adivinha de qual partido? O mesmo do presidente inútil. Estão loteando a Amazônia. Eu não posso acreditar no que tá acontecendo aqui e TÁ TODO MUNDO CALADO!!! PQP, eu tô de luto por esse país. Estamos diante de um Estado de exceção ambiental. A que ponto nós chegamos?!! Tô chorando com tudo isso, nosso país entregue nas mãos de psicopatas. Dói demais. Não eram apenas árvores… eram lares. Eu fico só pensando nos animaizinhos. O mais triste é ver os animais nessa situação. O cenário de morte de abelhas no país já era trágico – meio bilhão de mortes. Agora pode ficar pior: o governo Bolsonaro aprovou nada menos que seis produtos à base de ingrediente relacionado ao extermínio de abelhas. O AGRO é tóxico. O AGRO é morte. O AGRO é escravidão. O AGRO é latifúndio. O AGRO é câncer.  O AGRO é desmatamento. O AGRO é pop. Pois é, nacionalismo de conveniência: A Amazônia é nossa, mas a Base de Alcântara nós demos ao EUA. Dólar 4,02. Amazônia pegando fogo. E o presidente do Brasil suspendendo série LGBT na TV. Se você não vê o problema, o problema também é você, parceiro! Sim, estamos falando de CENSURA. A humanidade pode até ser extinta, estará pagando o preço pela destruição que causou à natureza, mas os animais e a floresta não tem culpa. Dois em cada três brasileiros pertencem a um desses dois grupos: o dos que apoiam o Bozo e o dos que não estão nem aí. Gente não levanta os “eu avisei” ao mesmo tempo senão desloca o centro gravitacional da terra. Lista de pessoas que mandaríamos para a Amazônia para apagar o fogo munidas com uma garrafa mineral Perrier de 495ml. Retuíte com sua sugestão. Eu começo com a Miriam Leitão. William Bonner. Luciana Gimenez. Olavinho. Regina Duarte. Sérgio Moro. Ana Hickmann. Dória. Luciano Huck. Lobão, Alexandre Frota (agora não vá não Frota!), Roger ultrajado, Danilo Gentili, Neymar e o pai dele. O véio da Havan só com a tampinha da garrafa. Familícia Bozo. Ali Kamel, diretor geral da Rede Globo. Paulo Guedes. Minha irmã, minha tia e mais alguns da família! Diogo Mainardi embebido em querosene. Bostobosta, Tereza Veneno, a plagiadora e mentirosa Joice Hasselmann e Damares Goiabinha. Cada um em um lugar bem diferente e distante dos outros e teriam que apagar no sopro. Edir Macedo e Silas Malafaia. Antônia Fontenelle. Carluxo. Silvio Santos, Ratinho, Glória Perez, Guilherme de Pádua, Fagner, Djavan, Nana Caymmi, Jojo Todynho, Bruno e Marrone. Continuem. Janaina Paschoal, Carla Zambellixo. Todos os sertaNOJOS. Anit17, a cancelada de Taubaté. Tabata Amaral. Berna Reale, Lobão das Artes Plásticas. Susana Vieira é óbvio. Fernando Henrique Cardoso. Luana Piovani e globais autoexilados em Portugal… sem garrafa!!! Aqueles 3 filhos do Roberto Marinho. Senador brocha de pau pequeno Jorge Kajuru. Todo MBL. Vou colocar esse palhaço do Aguinaldo Silva… Putz… A lista é enorme! Um dos problemas do brasileiro é esse: ao invés de se revoltar, fazemos piada de tudo. Melhor seria pôr fogo na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo em retaliação aos incêndios na Amazônia. Se for por falta de gasolina que te forneço. Quando vai ser o evento? Eu estava batendo punheta mas aí eu me lembrei que as árvores estão sendo derrubadas na Amazônia, isso é o tipo de coisa que me faz tirar a mão do pinto e botar na consciência. Vou assinar a petição pra acabar com essa merda. Tá foda mesmo, passa o dia todo parecendo que são cinco da tarde… O sol parece que morreu há anos, o mundo já acabou aqui, em fogo. Hoje eu não sei se lavei a alma? Ou se machuquei um bolsominion? Não sei se peço desculpas amanhã. Mas falei umas verdades que o cara chorou. Não gosto de colocar a pessoa para baixo mas não podia deixar o cara defender um governo bandido e fazer lavagem cerebral nos outros. Tudo é política. Inclusive seu silêncio conivente disfarçado de neutralidade. Para aqueles que ainda insistem em comer bichos, existe uma coisa muito poderosa que você pode fazer para ajudar a floresta: PARE DE COMER CARNE (COST OF MEAT). Essas queimadas de agora em sua maioria foram os fazendeiros criando pastos ou preparando para plantar soja e milho cheios de agrotóxicos para alimentar gado. Não é coincidência que, num mesmo dia, o governo neofascista tenha acusado organizações sociais que defendem a Amazônia de autoras dos incêndios florestais e anunciado a privatização de 17 empresas públicas, acenando ainda com a venda da Petrobras, a maior empresa brasileira. Trata-se de um projeto de destruição do Brasil. Parte da nossa sociedade está doente e o resultado notamos que fazem ironia com uma tragédia anunciada. Acabou o verniz de civilização que existia no Brasil. Agora estamos vendo nossa cara sem maquiagem. Não somos campeões em assassinato por acaso, somos um povo violento que gosta de sangue e circo. Se fizessem um coliseu hoje, e colocassem um ladrão e um leão, ia faltar ingresso. Eu não consigo compreender pessoas que curtem tragédias com carinha de riso. Será que apertaram errado?! “A culpa não é minha”, dizem o gado. Terra sem lei ambiental… o país arde em chamas. Vidas indígenas importam. Eu tô desesperada. Estou sendo ameaçado de morte. No começo pensei que estivesse lutando para salvar seringueiras. Depois pensei que estava lutando para salvar a Floresta Amazônica. Agora, percebo que estou lutando pela humanidade. Triste e assustadores tempos que estamos vivendo! É ser muito, muito desgraçado. Falta ódio na gente pra ao menos tentar matar quem faz isso queimado. Brasileiro via de regra gosta de fazer caridade, mas não gosta de justiça social. Caridade aplaca a consciência pseudo-cristã, mas justiça social permite a ascensão de classes e disso o brasileiro não gosta porque prefere olhar de cima para baixo. Cadê a elite brasileira sensibilizada com a situação??? Elite tupiniquim só sabe passar vergonha. Infelizmente só irão cair na real quando não conseguirem mais respirar. #PrayForAmazonia. Agora não adianta ficarmos parados. Temos que ir pras ruas do mesmo jeito que lutamos pela educação. Quando você comemora a morte de alguém, “o primeiro que morreu foi você mesmo”, Papa Francisco. Não sei o que tem na cabeça dos eleitores desse monstro. Dilma profetizou: “não vai sobrar pedra sobre sobre”. Eu, cidadã comum, afirmo: estamos vivendo o holocausto brasileiro! Ou vocês da oposição fazem uma revolução ou sucumbiremos ao maior desastre ambiental matando muita gente! 57 milhões de brasileiros pediram por isso sem a mínima condições de saber o porquê! Temos que elaborar e lutar por alternativas. Tem que ter cuidado na hora do voto. Não basta olhar pro céu e dizer que é Deus, tem que pensar nos nossos atos. Acho que estamos desesperados e exatamente por isso acho que esse é o momento de dialogar e não brigar com aquele que não estão cegos dessa hipernormalização do absurdo. Somente quando for cortada a última árvore, poluído o último rio, pescado o último peixe, é que o homem vai perceber que não pode comer dinheiro. Fico puto que os mesmos que defendem a floresta, são aqueles que jogam a porra do lixo na rua, isso também destrói a natureza, então as pessoas têm que mudar as atitudes para sim salvar o planeta!  “Falam que é muita terra pra pouco índio mas é pouco índio protegendo a vida pro mundo inteiro sobreviver.” Perfeita fala do líder indígena David Guarani. Mas para o ministro contra o meio ambiente Ricardo Salles é tudo sensacionalismo. Onda de queimadas já atinge 68 áreas protegidas somente nesta semana. Deveria mudar o cargo para ministro do agronegócio. Meu mais sincero VAI TOMAR NO CU, SALLES. DINHEIRO ACIMA DE TUDO, NÉ? A FUMAÇA QUE ATINGIU BELO HORIZONTE É IDEOLÓGICA??? Dizem fakes o tempo inteiro, até virarem verdades. Apesar dos pesares a Damares é a mais sensata dessa comédia. Poderiam ter ficado só no chazinho de goiabeira. Partiram pro pó e agora ficam aí. Não falam coisa com coisa. Ministérios Weintraubelhados. Raquel Dodge vai se fazer de morta, como sempre. “Há muito sensacionalismo ambiental”, AFIRMOU Ricardo Salles. O cara tenta acabar com o ministério, depois corta a verba esvaziando o meio ambiente, põe uma ruralista de ministra, ataca os povos indígenas, demite o diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais por não gostar dos dados, aí quando dá merda vai pra TV dizer que ama a Amazônia. Ele acha que somos idiotas. Doido por doido, o Daciolo pelo menos era bombeiro. A nuvem que encobriu São Paulo não foi falsa assim como não é falsa a condenação de improbidade administrativa de Ricardo Salles para beneficiar mineradoras. Esse governo gosta de lutar contra os fatos mas a paciência do povo brasileiro está esgotando. Genteeee que vontade de dar um chacoalhão nesse sonso. Quanta cara de pau. A pós-verdade há de nos massacrar. Canalhice máxima. Deveria ser cada árvore queimada uma tocha acesa no seu cu! FDP. Pula no meio da queimada então sem noção. A Rede Sustentabilidade vai entrar no Supremo Tribunal Federal com pedido de impeachment do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por crime de responsabilidade, pelo descumprimento do dever funcional relativo à Política Nacional do Meio Ambiente e à garantia do art. 255 da Constituição Federal. #ForaSalles. O ministro do Meio Ambiente foi flagrado dando carona para ruralistas com avião da Força Aérea Brasileira. Já foi condenado por cometer crime contra o meio ambiente, modificar documentos e intimidar funcionários. Alguém acredita que ele está preocupado com as queimadas na Amazônia? Perguntado se irá à Amazônia, ministro Onyx diz: “Vou ver coisa mais importante”. Que tipo de otário sobe a tag #SomosTodosRicardoSalles em favor de um ministro que DESTRÓI o meio ambiente? Cúmplices, trouxas ou recebem dinheiro público? Robôs e gado. Pelo menos tiramos o PT. Adoram um bandido. Lembrando, ele é do Partido Novo do banqueiro João Amoêdo. Ainda acusou a Europa de mentir sobre o desmatamento no Brasil. Pessoas precisam estudar geografia. Principalmente sobre os rios aéreos. Estudei sobre o assunto na terceira série primária. Quem gosta de estudar não esquece. Não há nada mais hipócrita e covarde do que ter votado nulo ou Bolsnaro e agora dizer que precisamos fazer algo pra defender a Amazônia e o Meio Ambiente. Ele foi muito claro na campanha. Não mentiu nadica em relação ao que ia fazer nesta área. Só faz o que prometeu. Eles escolheram a barbárie. Ontem cantavam Elis Regina no karaokê. Hoje comemoram sobre pretextos sombrios. A crucificação em pleno século vinte e um. Mesmo aqui no meio de Oceano Atlântico, eu ouço sobre a qualidade recorde de incêndios devastadores na Amazônia. Meus pensamentos estão com os afetados. Nossa guerra contra a natureza deve acabar. A sanha do agronegócio e mineradoras não tem limites… A nuvem preta que encobriu São Paulo começou em 2013 e está se estendendo ao país. Essa é só a consequência. Bolsnaro é um cínico. Mas não dá para atribuir apenas ao cinismo a declaração de que ONGs estão incendiando a Amazônia. O objetivo do presidente é desqualificar órgãos e movimentos de preservação ambiental. Queimadas abrindo caminho à barbárie. #PrayforAmazonas. E agora, presidente Bolsnaro? A NASA também é fake news? Cadê o seu ministro fanfarrão do meio ambiente? Globo News irresponsável. Exibir a fala estúpida de Bolsnaro sem nenhum jornalista para contrapor na hora é de uma irresponsabilidade gigantesca no exercício da profissão. Como esse ignorante DIZ QUE PODE SER AÇÃO DE ONGs o desmatamento e ninguém contesta. Cadê a prova? Patético. Como se não bastasse Bolsonaro inventando teorias da conspiração para responsabilizar ONGs por incêndio, agora Ernesto Araújo usa dados dos governos do PT para tentar esconder a vergonha que este governo provoca ao Brasil. #PrayforAmazonas. Cuando se quemó Notre Dame se declaró una tragedia mundial y en sólo días se recaudaron 218 millones de euros para reconstruirlo. Lleva 16 días quemándose el Amazonas, el pulmón del mundo. y NADIE HACE NADA, NI LOS MEDIOS NI LOS GOBIERNOS. #PrayforAmazonia. Aclaración: El hashtag correcto sería #ActForAmazonia usé el otro porque ese es tendencia. Não ore pela Amazônia, lute pela Amazônia! Lute como Chico Mendes, irmã Dorothy e todas as lideranças indígenas, seringueiras e ribeirinhas assassinadas. Tudo explicado em um post. Cômico se não fosse trágico: O Brasil é mal assombrado porque foi construído em cima de um cemitério indígena. Depois do “eu sou o capitão motosserra” não me espanto mais com nada vindo do presidente. Nazifascista Bolsonaro já sendo considerado como um dos maiores perigos para a humanidade partindo de um chefe de estado por entidades europeias e americanas, já já países vão começar abertamente dizer isso. Caso Trump perca, Bolsonaro vai pra cadeia! Escrevam isso! BOLSNARO, STOP AMAZON DESTRUCTION. Paaaraaaaaa Tuuuuudooooo! Bolsonaro, tu tem mesmo a cara de pau de acusar Macron ou qualquer governante de usar tom sensacionalista e fotos falsas pra obter ganhos políticos? Logo você, o presidente da facada sem sangue, do kit gay e da mamadeira de piroca? O nosso país se acabando em fumaça e esse rato ordinário se preocupando com a orientação sexual alheia! Já está na hora de irmos pra rua fazer barulho! Presidente Borsalino, por favor mude sua política e ajude não apenas o seu país, mas o país inteiro. “Macron não tem conhecimento do que está passando aqui”, diz Mourão, o boçal subserviente que não tem conhecimento do que está passando na própria cabeça. Seu raciocínio: “polêmica > clima > explosão solar > lixo”. Não há polêmica. Há fogo, um fato. Sobre explosão solar precisa assistir menos Discovery Channel. Concordamos num ponto: os bolsonaristas, que o Sr. descreveu como “tapados” já estão batendo panelas. Generais patriotas no Brasil são uma lenda. Todo nosso dinheiro investido a fundo perdido nas Forças Armadas parece ter produzido apenas oficiais sem-noção, sem leitura, inclinados ao fascismo e dispostos a vender as riquezas do país a preço de banana. Carluxo conspirando contra general Heleno. O governo é um ninho de serpentes. A boca de Bolsnaro durante a gravação em cadeia nacional tremeu tanto que entregou o nervosismo e a insegurança do capitão. Pela primeira vez em 8 meses o direitista tremeu de medo. Acho que nem as tropas de Heleno e Villas Boas vão salvá-lo da fogueira amazônica. Bolsominions em chamas com nossas críticas, hein? Parece que o jogo virou. O ruim de acolher bolsominion arrependido é que chega 2022 ele vota em Dória. Mbappé e Cristiano Ronaldo postaram alertando sobre a destruição da Amazônia. Adivinha qual jogador está em silêncio. A reação do presidente a repercussão do #panelaço: jogar jornalista da Globo para a matilha bolsonarista. Vocês sabem quem adora perseguir jornalistas, não sabem? Meu Deus, Bozo descendo o cacete no Merval. Obrigada, senhor! Sei que tu me sondas e o karma é implacável. Que se matem. No italiano La Republicca, a melhor manchete: “Il mondo contro Bolsnaro”. Algo vai mudar. O Brasil precisa acionar o governo Bolsonaro por crimes contra a humanidade. Destruir a Amazônia é crime contra a humanidade. O presidente Bolsnaro sentará um dia no banco dos réus do Tribunal de Haia pra ser julgado por crimes contra a humanidade. O que esse desgraçado vem fazendo pra promoção do holocausto amazônico precisa ser julgado com rigor pelas Nações Unidas. Alguém avisa a Bolsnaro que Macron tem legitimidade para falar sobre a Amazônia porque a França é também um país amazônico: a Guiana Francesa faz inclusive fronteira com o Brasil. Duvido que ele saiba que a França tem território na América do Sul. Oui, embora ainda não seja deveras um país amazônico, mas “région d’outre mer” (isto é, colônia… última das três Guianas). Eu não entendo porque não legendam esses vídeos do Bolsonaro… não aguento ouvir. Tinham que legendar sempre pra dar a opção de se manter atualizado sem ânsia de vômito. Queria que ele sumisse. Todo dia somos bombardeados por notícias horrorosas e desumanas desse imbecil. Hmm, olha o Coiso escrevendo coisas chiques no Twitter. Óbvio que ele nem sabe o significado de “mentalidade colonialista”. Até estranhei, mas agora foi. O Jornal Nacional arrumou um jeito de colocar o Lula na “cuestão” da Amazônia. Vou te contar, a Globo é um câncer que tem de ser destruído. Urgentemente. Vejam Lula defendendo a floresta amazônica e desmentindo o jornalismo desonesto de Bonner e da Rede Globo que divulgou Fake News tentando igualar Lula a Bolsonaro. Finalmente alçado como vilão global! Gente, o cara que bate continência pra bandeira dos EUA falando em “mentalidade colonialista… Ninguém imaginava esse plot twist decolonial!!! Na campanha, Bolsonaro disse que “a Amazônia não é nossa”. À época, generais bolsonaristas aprovaram. Agora, falam em soberania ameaçada. Avisado foi! Bolsnaro, em abril de 2017, no Clube Hebraica do Rio: “se depender de mim, não vai ter 1 centímetro de reservas [sic] indígenas e quilombolas no Brasil.” E os sócios da Hebraica aplaudiram com entusiasmo! Eles defendem, com razão, que os judeus têm direito à sua terra, mas são capazes de aplaudir um fascista que quer destruir as terras de indígenas e quilombolas. A memória do horror não produz empatia necessariamente. Bolsnaro vai pedir a Donald Trump para demitir o diretor da Nasa? A cada dia mais assustada com o futuro desse país. Es tan triste que no le den importancia a la muerte de tanta naturaleza!!! Meninos do MBL, não mendiguem. <Bilionários americanos> não ouvirão lamento de “meninos tontos”, Sérgio Moro. Já pediram desculpas pela tonterias que ajudaram a eleição de Bolsonaro, mas que tal também pedirem desculpas ao mundo pelo poder que pactuaram e põe fogo na Amazônia? A bíblia não diz que uma besta apareceria para destruir tudo? Então, taí o Bolsonaro. 2018: “Nosso governo será um governo técnico”. Acho que pedir pra Europa fazer alguma coisa é meio too much na minha perspectiva de colônia. Acho que chegamos neste ponto muito por culpa da ganância do homem branco europeu. Pedir pra Europa fazer alguma coisa dói, pois tudo que a Europa fez por nós foi usurpar, matar, escravizar. E nós vamos fazer o quê? Continuar paralisados? Aguardar que a União Europeia não compre mais do agroTóxico? Que tal um boicote? Definir alguns dias e não se compra carne. Pressionar na parte mais sensível: o bolso. Ou escolher uma entre as empresas que mais desmatam e fazer um boicote por mais dias. Alguma coisa temos de fazer. A Europa acabou de assinar um tratado de livre comércio com o Mercosul e parece que estão pouco se lixando se o Brasil se compromete com todas as cláusulas ambientais de tal acordo. Acho que vocês europeus têm sim que pedir que no mínimo esse acordo seja cancelado. Poucas horas depois de Macron chamar Bolsonaro de mentiroso e convocar reunião sobre a Amazônia, Trump elogia o trabalho do francês. O presidente americano mostra a Bolsonaro o resultado de ser lambe-botas. Como disse Kant: “Quem se faz minhoca, não pode reclamar de ser pisado”. Até Maduro dando rasteira em Bozoró! Kkkkkkkk Maduro menos cínico que o engraçadinho do Witzel que teve o desplante de disponibilizar 20 homens y 2 drones, mais restante equipamento. Vai apagar fogo na horta. Se fosse para chacinar populações indígenas, colocava o BOPE à disposição dos fazendeiros. Mas os ministros de lá tem noção de diplomacia e não usam outros países de álibi. O chanceler francês foi a Brasília conversar com o presidente Bolsonaro que não o atendeu e, na mesma hora, fez uma live cortando o cabelo. Por não querer debater sobre questões climáticas. Agora quer que a França o respeite? Passarinho que come pedra sabe o cu que tem. “É só fazer cocô dia sim, dia não”, diz Bolsonaro sobre poluição ambiental. O que a fascista Maitê Proença que fez CAMPANHA para o Bolsonaro faz aí deslegitimando o movimento?!?! Francamente! Assim fica difícil lutar de verdade contra o fascismo! #ForaMaitê. A Maitê podia começar abrindo mão da pensão vitalícia por ser filha de militar né. Maitê querida vi que você apagou as fotos com Bolsonaro. Queria saber se tá tudo bem? E o que Maitê faz aí? Ela não defendeu votar no Bozo com a ameaça petista? Maitê Proença? Ela quase ganhou um ministério nesse desgoverno ahhhhh meu cool pra essa bolsominion pensionista de militar. Ministro da Educação deu provas de como se convoca o ódio digital: <ferro no cretino do Macron> escreveu. Não tenho dúvidas de que Weintraub deve ser responsabilizado pela disseminação de ódio e falta de compostura política. Já se sabe que mais de 70 pessoas – de Altamira e Novo Progresso – entre sindicalistas, produtores rurai, comerciantes e grileiros, combinaram através de um grupo de WhatsApp incendiar as margens da BR163, rodovia que liga essa região do Pará aos portos fluviais do Rio Tapajós e ao Estado de Mato Grosso. A intenção deles era mostrar ao presidente Jair Bolsonaro que apoiam suas ideias de “afrouxar” a fiscalização do IBAMA e quem sabe conseguir o perdão das multas pelas infrações cometidas ao Meio Ambiente. Presidente Bolsonaro está acuado pela Amazônia em chamas. Em resposta a Macron, optou pelo sarcasmo de macho ofendido. Como nada lhe resta, nem inteligência, poder militar ou econômico, ofereceu a primeira dama, Micheque Bolsonaro, em retaliação à Brigitte Macron. O fato de uma pessoa tentar ofender uma mulher por sua aparência física, por si só já é vergonhoso. Quando essa pessoa é Chefe de Estado, é vergonha nacional. Se envolve a Primeira-Dama de uma nação amiga, vira vexame diplomático. Nosso Presidente é um moleque. #CalaBocaBolsonaro. Precisamos admitir: a nossa crise também é estética. Bolsonaro usa foto antiga pra divulgar ação contra fogo na Amazônia… Pior foi a desculpinha da “foto ilustrativa”. Até pareceu foto publicitária e carro popular. Proposta da França no G-7 para preservação da Amazônia e reflorestamento inclui participação ativa de povos indígenas e ONGs. É exatamente o que vinha sendo feito pelos governos de Lula e Dilma e o governo Bolsonaro desmontou deliberada e sistematicamente. Terão que engolir. @jairbolsonaro bloqueou você. Você está impedido de seguir @jairbolsonaro e de ver os Tweets de @jairbolsonaro. Em resposta ao dia do fogo vamos fazer o setembro sem carne. Boicote os ruralistas durante o mês de setembro e LULA LIVRE. Fernanda Young morreu numa crise de asma, ar que falta. Vovó dizia que anjos são almas jovens que partem, sendo tão antigas naquilo que sabem. Morrem antes no saber da vida, para guardar outros. Momento triste, de repente, ver gente inteligente partir. Agosto, tempo de ipê, tanta fumaça nos ares, partidas, estações que se alteram. Mais do que nunca hora de seguir, persistir. Morreu de Brasil.

 

CARTAZ N. 2

Estamos aqui, basicamente, no meio do nada. É o Brasil.

 

CARTAZ N. 3

18 de janeiro de 2020. É sábado e as coisas que eu li no twitter essa semana (que imagino serem uma pequena amostra do pensamento social) me deixaram mais pessimista que qualquer coisa dos últimos meses. Jornalista fascista personalité do Jornal Folha de São Paulo propondo que pobre venda seus órgãos para sobreviver, antissemitismo, universidade pública mas não pra todos, fascismo relativizado… Para quem acha que há exagero no meu último post, peço que vejam e ouçam como o Secretário de Cultura Roberto Alvim, em pronunciamento no qual aparece com cabelo colado ao rosto, música de fundo de Wagner (compositor predileto dos Nazistas), citou literalmente um discurso de Goebbels e do Nazismo. Vejam só as semelhanças: “A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional, será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional, e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes do nosso povo – ou então não será nada.” Roberto Alvim, Secretário Especial de Cultura do Governo Bolsonaro. “A arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada.” Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda de Hitler. É simplesmente assustador. Vendo o contexto do pronunciamento do Secretário Nazista do Brasil, gostaria de indicar o documentário “Menino 23”, que além de contar uma trágica história de modo investigativo, mostra o quão próximo e poderoso o nazi-fascismo é em nossa realidade enquanto brasileiro. Ontem eu vi esse documentário e fui dormir com um trator em cima de mim. Que história triste e vergonhosa. Tem inteiro no YouTube e vale muito a pena assisti-lo. Muito emocionante e também muito esclarecedor dos antecedentes desse Gado Nazista que parece que saiu do nada. Bom, quando ainda ocupava cargo de diretor de artes cênicas da Funarte, Alvim enviou áudio ao Bolsonaro, afirmando que queria apresentar “um projeto gigantesco que vai gerar a partir de janeiro [de 2020] um bombardeio de arte conservadora na população, uma renovação completa de uma nova geração de artistas conservadores no Brasil e esse projeto vai começar a ser divulgado midiaticamente, vai ter uma reverberação muito grande em capas de jornais etc.” O único bombardeio que teve foi os tiros de cocaína que ele deve ter dado pra fazer aquele discurso ridículo. Toda estética reflete a ética… e a Selena Gomez de Taubaté acaba de acabar com a carreira que já não tinha após dizer que tacou o dedo com força no 17. Vão dar palco? De pensar que eu estava amando dar risada com essa racistinha… O Brasil tem um simpatizante do nazismo no comando da Cultura, mas pelo menos o Fábio Porchat já pode dizer que isso serviu para tirar o Partido dos Trabalhadores do poder. O Porchat perdeu uma chance ótima de ficar calado. Já descobriram que foi o Leonardo DiCaprio quem escreveu o discurso do Alvim? Alguém pode me informar onde vão ser construídos os campos de concentração? Pelo andar da carruagem: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Santa Catarina… Ou muito provável nas áreas queimadas na Amazônia, se o agronegócio permitir… Fico três dias off-line e quando volto vejo que: 1) o liberal brasileiro quer debater o livre mercado de pedaços humanos; 2) o liberal brasileiro está comparando comunismo com nazismo; 3) e o liberal brasileiro está chocado com o fascismo do governo Bolsonaro. Faça-me o favor, liberal! Bertolt Brecht intermezzo feelings. Quando foi com quilombolas, ameríndios, mulheres, LGBTs, estava de boa. Cedo ou tarde, a conta chega… Luciano Huck, um dos pré-candidatos à presidência do Brasil em 2022, por exemplo, não considerou um crime quando o candidato dele, Bolsonaro, falou contra os negros, contra os índios, contra os trabalhadores, contra os pobres e contra as mulheres… Hipócrita demais. Estou com muita revolta porque o secretário do Bozo profanou a história dos judeus ao parodiar peças de propaganda nazista. O presidente profana a história do Brasil todos os dias ao enaltecer a ditadura militar e não acontece nada. Falhamos miseravelmente em contar nossa própria história. Há vagabundo comparando comunismo com nazismo, mas os livros de História têm muitas coisas escritas, ele não consegue ler. Cristina Lobo está dizendo que Alvim falou que não sabia a origem da frase. Mentira, Alvim é um homem letrado. Sabia exatamente o que estava escrito antes de ler. Diretor de teatro escolheu o terno, a música e o tom. Calculou mal. “Redefinir a cultura brasileira” já mostra bem o “ideal” desse atual secretário da cultura. Se Leni Riefenstahl fosse viva até faria um documentário sobre os ideais desse secretário. Aliás, o edital deveria se chamar Prêmio Leni Riefenstahl. Saiba que o Roberto Alvim rodou porque fez uma encenação datada, porque é péssimo diretor de teatro além de tudo, porque não criou uma encenação contemporânea. Ele foi literal em reproduzir um modelo estético sem contextualizar nada e simplesmente se apropriou de um momento horroroso da história para colar na atualidade. Isso prova a imensa falta de sensibilidade artística dele além da humana. E só foi afastado porque, devido a falta de inteligência, não foi discreto para por em prática o programa neonazista que já detectamos faz tempo. Até ontem, Bolsonaro considerava o secretário nazi da Cultura um “verdadeiro secretário”. Esse é o governo Bolsonaro. Às vezes, o fascismo é velado. Em outras, é explícito. Por este último motivo, Alvim caiu. Um nazista a menos no governo. Não é muito, mas já é alguma coisa. Além de nazista, esse imbecil é de uma burrice lapidar. Porque pensa que alguém vai acreditar nessa cascata de que não houve plágio, de que tudo não passou de coincidência. Mas “tem uma ala nazista, mas a economia vai bem” is the new “é torturador, mas é um bom pai”. Não peguei o ponto. Citar Goebbels não pode, mas pode citar o coronel Ustra? O presidente deveria ter saído preso da Hebraica quando foi racista contra quilombolas e indígenas para a plateia de judeus que gargalhava. É homofóbico e defensor de esquadrões da morte. Mas prevaleceu “o importante é garantir as reformas” e “as instituições vão moderá-lo”. Será que o pessoal está fingindo que é nazista pra ninguém ver que está roubando OU está fingindo que rouba pra ninguém ver que é nazista? O BozoNazi escolhe a dedo aqueles que compõem seu desgoverno: de milicianos a adoradores do nazismo passando por outras criaturas toscas como Doidamares, Weintraub… Há o liberal na economia e nazista nos costumes. Isso não é novo! Não é, Pinochet Guedes? Quanta porcaria tóxica!!! O problema é que montar e manipular uma cultura é bem possível. Veja António Ferro que fez isso em Portugal. Construiu todo um imaginário e referencial colonial e patriótico que vinga até hoje. Estou pasmo… quem diria que Joseph Goebbels seria renascido das trevas made in brazil. Curioso para saber a opinião da Regina Duarte, do Carlos Vereza e do Márcio Garcia sobre o agora ex-secretário da Cultura, “discípulo” de Goebbels. Quando ele ofendeu a Fernanda Montenegro, o silêncio deles lembrou o dos artistas colaboracionistas da época do nazismo. Escolhas, escolhas, escolhas… “Chama de fascista porque não pode chamar de ladrão!” Bem, agora já pode chamar de fascista, ladrão e nazista. Foi em 2011 que Bolsonaro disse que admirava Hitler em entrevista ao programa CQC? E é mentira o que ele disse do bisavô dele ter sido soldado de Hitler? Ele delira sempre com isso… Eu queria mesmo era ver o Bolsonaro pronunciando “Joseph Goebbels” numa live… Brasil acima de tudo lembra muito Deutschland über alles. Semiótica: o problema definitivamente não é o secretário. Eu tô achando curioso como a postura política desses vermes se aproxima das estratégias artísticas. Damares convocou aquele discurso e ficou em silêncio, como um ato performático. Agora, o Roberto Alvim refaz o discurso histórico, performando. O Bolsonaro é mestre em construir aquela iconografia cafona e popular, produzindo imagens que ficam marcadas: a prancha de surfe como palanque, as chinelas, o pote de requeijão do presidente da república. O político ruim é o novo Artista com A maiúsculo. Algo que o Boris Groys já estava dizendo de outro modo, mas o Brasil dá um up na hipótese. Após a demissão de Roberto Alvim, as redes foram tomadas por uma tentativa de passar pano para o presidente, como se o caso do plágio do nazista fosse apenas culpa do secretário. Aquilo não foi ato isolado, mas consequência do bolsonarismo no poder. Sendo justo, temos várias declarações do presidente que justificariam prisão. Saudou torturador no congresso, defendeu assassinato, apoiou grupo de extermínio, fez apologia de ditadura. Como parte do país reagiu a isso? O elegeu. Apesar dessas declarações ou por causa delas? Vão me dizer que só agora que o secretário da cultura citou o Goebbels vocês se deram conta? Roberto Alvim foi exonerado! Tinha que ser preso por apologia nazi. Mas um e-mail interno mostra que quem está embaixo dele já foi orientado a se alinhar aos ideais nacionalistas, religiosos e de “luta contra o que degenera”, como defendiam os nazistas. Atenção: funcionários da secretaria de cultura dizem que acompanharam a produção do pronunciamento e que Alvim sabia das semelhanças com os discursos do ministro nazista de Hitler. Até por isso a estética do vídeo era parecida com a propaganda nazista, e não apenas as frases de Goebbels… e dois ou três imbecis insistem em dizer que o discurso nazista do nazista Roberto Alvim foi sabotagem da esquerda. Acusam “íntimos de Goebbels” de “plantar” as frases lá. É delirante a tese de que um dos líderes no nazismo cultural teria sido vítima de uma “armadilha da esquerda”. Os que divulgam isso estão apenas executando uma das lições do nazista Goebbels: repetir uma mentira mil vezes até que ela se torne verdade. Algum repórter do jornal O Globo estava no gabinete do Roberto Alvim para entrevistá-lo na mesma hora em que ele foi chamado por Bolsonaro. Esse repórter ficou sozinho no gabinete e acabou tendo acesso a um bloco de papel preso a um cavalete de apresentações do próprio Alvim. Encontrou em um papel escrito uma frase em alemão – “wo ist der design?” (“onde está o design?”) – e o desenho de uma cruz dos templários com a inscrição “Cultura, base da Pátria”. Olha, a frase em alemão está errada, pois design é neutro (“das”), seu nazistinha latino burro! Numa outra folha havia uma figura semelhante a um dos personagens de Henfil, a Graúna, com a legenda “Mandioca no Bombril”. Imagine você o que poderia haver no restante das páginas desse bloco de papel… Brasil tem 334 células nazistas em atividade. Já houve juiz que liberou nesse ano o uso de propaganda nazista em Santa Catarina. Nem sei o que falar depois de ver isso. Meteoro cadê você? Essa gente não deve saber o horror que o nazismo representou… Isso aqui está também me incomodando muito. Tem que ser barrado também! “A ideia é avançar na construção de uma nova e pujante civilização brasileira, com artistas capazes de perceber os movimentos que brotam do coração do Brasil. 16 Jan 20, 19:47, @CulturaGovBr.” Outra obviedade: Se proposital ou não, a citação foi bastante oportuna para roubar a atenção para a agenda que ele divulgou. Todo mundo ficou louco com o discurso e esqueceu o conteúdo. O discurso caiu. A agenda continua. Tem que abrir uma igreja para participar desse edital? O tal do Imposto Predial e Territorial Urbano e a luz são 0800? Estou cá a pensar os projetos que terão chances de serem aprovados pelos avaliadores do edital histórico da Nova Arte Nacional dos fascistas-cafonas. Os artistas gospel das igrejas neopentecostais têm a oportunidade de criar um novo marco estético-conceitual dessa Nova Arte, que banirão os pagãos, umbandistas, kardecistas, macumbeiros, enfim, essa rale esquerda bom vivant, que são mais arteiros, que artistas. Seguem algumas sugestões com potencial de aprovação: no teatro, “Regina Duarte, A Estrela Mor dos Palcos”; na pintura, “Goiabeiras em Flor”; na literatura, “Olhai o gado na Amazônia”; na música, “Cantos Neopentecostais do tio Sam”; nos quadrinhos, “A Revolução de 1964 para crianças”. Enfim, as portarias e editais do nazista Alvim, ex-secretário Nacional de Cultura, devem ser anulados. Eles expressam concepção nazista, dirigida, supremacista. Contém carga discriminatória, religiosa, excludente, laudatória de valores formulados por Goebbels. É um governo nazista, que inclusive questionou o holocausto em viagem ano passado. Bolsonaro, em 1998, defendeu estudantes que admiravam Hitler: “apenas brincadeira de mau gosto” onde “tudo não passou de um gracejo”. Ainda houve o caso do sósia de Hitler como candidato a vereador pelo Partido Social Cristão, ex-partido do presidente Bolsonaro. Ele recebia doações de Flávio Bolsonaro na campanha. Esse sujeito foi proibido de discursar por estar vestido de Hitler. De quem foi o convite para discursar? De Carlos Bolsonaro. Não é de hoje o fascínio da família Bolsonaro pelo nazismo. Por isso não é a queda de um secretário que basta. Queria dizer a vocês que muitos artistas em tempos como esse ficam sem dinheiro pra pagar aluguel. Apoie os artistas. Doem dinheiro, o pouco que for, pra financiamentos coletivos. Se o artista está vendendo macarrão, bolo, colar de missanga compre. Assistam suas peças teatrais, vão em suas exposições e em seus shows. Ué, a madame apagou esse post: “É óbvio que não houve intenção de replicar nenhum discurso nazista, meu Deus. Houve equívoco na forma, e acho lamentável e não há como argumentar diante da infelicidade das semelhanças. Só podemos pedir perdão para os que se sentiram ofendidos e um voto de confiança, garantindo que o verdadeiro propósito de nossas intenções replicam o conteúdo e não a forma do discurso. Estou recebendo ameaças desde ontem, era pra ser um dia de alegria… Sou absolutamente contra qualquer tipo de violência voluntária ou involuntária. Os erros a gente conserta, em vez de aumentá-los. De minha parte, eu sinto muitíssimo. Perdão pela infeliz semelhança formal. O conteúdo, a verdade de nossas intenções não é e nunca será o mesmo, eu lhes garanto… Ainda assim, perdão. Juliana Galdino.” Não é coincidência retórica, canalha! Essa Juliana queria ser um monstro, sempre quis… e conseguiu. Até post racista faz. Eu fiquei tão chocado com ela… Muito mais do que com o Roberto Alvim que sempre achei meio qualquer coisa… E tudo, no fundo, por uma corrupçãozinha chinfrim e uns carguinhos… Curtoprazismo de sarjeta… Tem gente que mostra logo a etiqueta do preço. Bolsonaro nos fez um favor… ele é o melhor revelador de caráter… melhor do que dinheiro e poder… A teta do governo com o valor de três milhões e meio de reais quase foi mamada pela Juliana Galdino quando Roberto Alvim ocupava cargo de diretor de artes cênicas da Funarte! Hoje, Roberto Alvim colocou a mulher, a ex-atriz Juliana Galdino (aquela que ele espancava quando cheira cocaína demais), a defendê-lo. A defesa não defende coisa alguma. Roberto e Juliana, quando ainda estavam vivos, foram artistas. Sabem, portanto, que não há forma sem conteúdo, nem conteúdo sem forma. Melhor dito, sabem que, em qualquer ato estético, e o discurso de ontem foi programado como um ato estético, a forma é o conteúdo e o conteúdo é a forma. Não há nada naquele discurso de Roberto Alvim que não seja nazista. Ou, pior, já que estamos tratando com canastrões de uma política mambembe: não há nada naquele discurso que não seja paródia pobre e quase cômica do que, no nazismo, foi só tragédia. Não vou falar para irem chorar na Cantareira porque tem chovido bastante em São Paulo. Vão ter o fim insignificante que os colaboracionistas sempre tiveram. Não há nada de inocente ou ingênuo em nenhum momento. Pelo contrário, se utilizaram das forças mais nefastas em busca da autopromoção. A conta uma hora chega. No mais, vi trinta segundos daquele videozinho ontem e pensei: esse cara já foi diretor de teatro? Bom a “ingenuidade” na distinção entre “forma” e “conteúdo” já me parece bastantemente inaceitável para um profissional do teatro. Sem mais. Miriam Leitão lembra que Alvim não é o único nazista no governo. Não podemos esquecer que, em abril de 2019, Abraham Weintraub, aquela raspa de esterco que tenta se passar por ministro da Educação, também plagiou um discurso nazista. “Só mais uma coincidência retórica”, diria algum parente ou colega que fez campanha pra tudo isso acontecer… Hoje só postam fotos de festinhas em família e fotos de viagens. “…os judeus são o topo do país. Eles são o topo das organizações financeiras; eles são os donos dos jornais; eles são os donos das grandes empresas; eles são os donos dos monopólios…” Adolph Hitler. Alemanha, 1933. “Os comunistas são o topo do país. Eles são o topo das organizações financeiras; eles são os donos dos jornais; eles são os donos das grandes empresas; eles são os donos dos monopólios…” Abraham Weintraub. Brasil, 2019. Estado neopentecostal. Negacionismo da tortura e do Holocausto, dos Direitos e da Cultura insubmissa. Cai o nazista Alvim, mas ideologia nefasta que o gerou e promoveu aí está. Gente, veja quem mais compactua com o programa goebbolsonarista caipira desse desgoverno. Ela está apagando os posts, mas não suas concepções e seus métodos similares aos de Goebbels. Essa mesma que, “preocupada” com critérios técnicos para indicação a cargos no governo, indicou o dono de uma oficina mecânica para o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Essa é a deputada da “haute culture” e que fez discurso pelo “renascimento da cultura” ao lado de seu amigo Roberto Alvim semana passada… Ela apagou o post, mas temos o print e o vídeo. Quem é ela? Dou-lhe uma, dou-lhe duas e dou-lhe três… é a deputada Bia Kicis, do Partido Social Liberal do Distrito Federal! Seu assessor, Evandro de Araújo Paulo, para quem não sabe, fez piada com a morte de Marielle publicando em sua rede social uma foto com uma camisa com a frase “Marielle vive, enchendo o saco” tirada dentro do gabinete dessa parlamentar. Isso só me faz pensar no post de hoje da Eliane Brum: “675 dias. Quem mandou matar Marielle? E por quê?” A pergunta ainda pesa: o que tem a esconder a Família Bolsonaro sobre o assassinato de Marielle? Eduardo Bolsonaro apoia que se zombe da morte de Marielle assassinada por milicianos que têm vínculos diretos com o clã Bolsonaro. Bom, o ovo da serpente foi chocado nas caravelas. A serpente tá viva desde 1500. Às vezes fica mais arisca, em outras se encolhe, intimidada pelos caboclos. No momento passeia serelepe, com o mesmo veneno da colonialidade: exploração, racismo, genocídio, cruz e bala. Eu também reparei que o nível de agressividade da turma do ódio aumentou desde a declaração nazista da sexta-feira. É sintomático. Diante de todo horror que nos rodeia, me ocorre um poderoso ditado do povo Ovimbundo: Capwa kiso kutima oko cili. Em tradução livre do umbundo, feita por mestre Délcio Teobaldo: Não é porque não vivemos uma história que deixamos de senti-la. É essa capacidade que nos humaniza. E a arte brasileira da próxima década será de xaxo, será babadeira, será femineca, mascuceta; será arte mona, mapoa, trava; será arte de axé, jamais de ekê; será arte de nena, de obé xirê, de picumã. Será revolucionária libertadora empoderadora inovadora destruidora pangéica espiritual indígena negra feminina plural trançante… Será decolonial, originária, cosmológica, ritualística, vibracional, matriarcal, afroindígena, (re)encantadora do mundo, destruidora de toda moral branca ocidental. Ou não será nada. Adília Lopes para terminar esse dia: ANTI-NAZI. A limpeza / pode ser / pior / que a porcaria // A ordem / pode ser / a maior / desordem. 20 de janeiro de 2020. Sai Joseph Goebbels e entra Eva Braun, a rainha da suástica. O ruim pode sempre ficar pior. Regina Duarte, que comentou, quando da indicação de “Democracia em Vertigem” pela Academia, que “nenhum Oscar vai reescrever nossa história”, e que é conhecida por suas posições retrógradas, acaba de ser indicada para substituir o Secretário Especial de Cultura, Roberto Alvim. A atriz se move como as mocinhas puritanas do passado. Aceitou o noivado. Viverá um “teste” como secretária de Cultura. A vida real não aceita testes. A política não é uma novela de mocinhas nem para puritanas protegidas pelo homem santo. Ela só é alinhada com as ideias do governo. Aquele que prometeu “técnicos” só está entregando a leigos e fiéis seguidores. Que democracia é essa? Uma vertigem…