Tales Frey

Be (On) You (2016)

 

Tales Frey, Be (On) You, 2016. Vídeo, 2’47”

 

Dois corpos ditos masculinos cisgêneros beijam suas próprias imagens refletidas em um único espelho de dupla face durante uma hora ininterruptamente, enquanto transitam pelo espaço.

 

FICHA TÉCNICA

Performance de Tales Frey | Participação exclusiva de Mãe Paulo | Duração da ação: 60 minutos

  

HISTÓRICO

AO VIVO

[2019] A! Performance Festival. Akureyri Art Museu, Akyreyri, Islândia.

[2019] The Performance Arcade 2019. Wellington, Nova Zelândia.

[2017] SESC Santana, São Paulo-SP, Brasil.

[2017] SESC Registro, Registro-SP, Brasil.

[2016] Queer Porto II: Festival Internacional de Cinema Queer. Espaço de Intervenção Cultural Maus Hábitos, Porto, Portugal.

[2016] III Bienal Internacional de Performance HORASPerdidas. Curadoria de Celeste Flores. Monterrey, México.

 

SOB FORMATO VIDEO, INSTALAÇÃO E/OU FOTOGRAFIA

[2019] The Performance Arcade – Video Series. Curadoria de Sam Trubridge. TSB Bank Wallace Arts Centre, Auckland, Nova Zelândia.

[2017] 9º Encuentro de Acción en Vivo y Diferido/ Territorio Abierto. Casa de la Juventud de los Mártires, Bogotá, Colômbia.

[2017] Conquista Ruas. Vitória-ES, Brasil.

 

Tales Frey, Be (On) You. Performance realizada em Wellington, Nova Zelândia. Fevereiro de 2019. Fotografias de Aaron Mitchell

 

Tales Frey, Be (On) You. Performance realizada em Akureyri, Islândia. Outubro de 2019. Fotografia de Akureyri Art Museum

 

Tales Frey, Be (On) You. Performance realizada em São Paulo-SP, Brasil. Julho de 2017. Fotografia de Eve Bonneau

 

Tales Frey, Be (On) You. Performance realizada na cidade do Porto, Portugal. Outubro de 2016. Fotografias de Stijn Lanters

 

Tales Frey, Be (On) You. Performance realizada em Monterrey, México. Agosto de 2016. Fotografias de Roberto de León

 

Be (on) You (2016) de Tales Frey publicado no catálogo Emergency Index Volume 6 (Ugly Duckling Presse, 2017)