Tales Frey

Triunfo (2019)

 

Tales Frey, Triunfo. Performance realizada na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Junho de 2019. Fotografia de Paulo Aureliano da Mata

 

O importante é que a luta dos oprimidos se faça pra superar a contradição em que se acham. Que esta superação seja o surgimento do homem novo – não mais opressor, não mais oprimido, mas homem libertando-se.

— Paulo Freire 

 

A ação consiste em dois performers a utilizarem um único par especial de luvas de boxe, o qual conecta os dois corpos, enfatizando a imprecisão de uma situação em que poderíamos supor dois oponentes, unindo-os como aliados, transformando uma suposta luta em afeto e, embora estejam aparentemente aprisionados um ao outro, ambos libertam-se de um ato de violência. 

A ideia de triunfar não é a de que um obtenha vantagem com relação ao outro, mas sim de que a harmonia seja instaurada, onde um ato cognoscente substitua a hostilidade.

Este trabalho pertence a série Memento Mori e corresponde ao meu sétimo aniversário celebrado como performance.

 

FICHA TÉCNICA

Performance de Tales Frey | Participação exclusiva de Vitor Moraes | Duração: 1 hora

 

HISTÓRICO

AO VIVO

[2019] FIT – Festival Internacional de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto, SP, Brasil.

[2019] Em Posições de Dança, curadoria de Daniela Labra, Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

 

SOB O FORMATO DE VÍDEO E/OU OBJETO

[2019] Movediça – III Mostra de Performance Arte. Liberdade Galeria de Arte. São Paulo, SP, Brasil.

 

Tales Frey, Triunfo, 2019. Vídeo, 40

 

Jornal O Regional, Catanduva, 6 de julho de 2019